Um Olhar que me Acalma

Um olhar que me acalma, que me dá muita força, que eu amo muito, que me lembra muito o Tio Pedro, que me lembra todos os dias que é tão bom viver, que me faz querer aproveitar todo o tempo que passo ao seu lado.
Os filhos só se apercebem realmente do amor dos pais quando têm filhos e por isso em tantos momentos do meu dia-a-dia com o João Maria penso no sofrimento dos meus pais e de tantos outros pais que estão infelizmente na mesma situação.
Ninguém nunca vai ocupar o lugar que o Tio Pedro tem nas nossas memórias, nas nossas vidas, nos nossos corações, mas o João Maria tem sido um testemunho de vida e de alegria constantes, ajudando a suportar todos os momentos difíceis.
Meu querido filho: um grande beijinho para ti.
posted by Patrícia Costa Mateiro

2 thoughts on “Um Olhar que me Acalma

  1. perdi uma amiga num acidente de viação que era como uma irmã para mim, era a minha alma-gémea, um anjo que Deus mandou à terra, mas que «recolheu» cedo demais. Sinto a falta dela (muita!) e também escrevo sobre ela no meu blog. Agora estou grávida e vou chamar Ana Lúcia à minha filha, como se chama a minha amiga que partiu há 4 anos, com 26 de idade. Choro muitas vezes e revi a minha saudade na tua e vice-versa. Compete-nos a nós manter viva a imagem, o carácter, a lembrança de quem se foi. Eu acredito que o Pedro e a Ana, onde quer que estejam, olham e orientam os nossos João Maria e Ana, respectivamente. Permite-me mandar-te um abraço terno.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s