O meu bebé Zé, agora atleta

É tão bom partilhar esta notícia aqui convosco. O meu bebé Zé, o nosso bebé Zé, 8 anos daqui a 1 mês e 20 dias, aceitou finalmente experimentar um desporto.

Eu sei que tem apenas 7 anos, 8 daqui a 1 mês e 20 dias, e que tem uma vida inteira para praticar desporto e que poderá (ou não) ainda mudar muito e querer experimentar outras coisas, mas eu já não podia mais ouvir perguntarem-lhe que desporto faz e os irmãos a pedirem-lhe por favor que fosse com eles para o rugby. Neste preciso momento, agora mesmo aqui em casa, está a jogar playstation online com um amigo e ouvi-o dizer com orgulho “sabes que eu ando no hóquei? cheguei a casa todo dorido dos patins”. E chegou. O meu bebé Zé, agora atleta, chegou a casa estafado. Foi ao colo para a banheira, já de lágrimas nos olhos, e deixou a mãe dar-lhe banho enquanto quase adormecia.

O Zé Maria começou nos treinos de hóquei em patins no início de Fevereiro. Embora não com muito entusiasmo, como lhe é característico, uns dias a adorar, outros nem por isso, já anda a patinar há 4 semanas. Quando recebi o primeiro vídeo do Zé a treinar até me deu vontade de chorar. Primeiro pela emoção de o ver a patinar e depois… ao pensar como vou encaixar 3 treinos por semana e jogos ao fim-de-semana no calendário de treinos e jogos dos dois mais velhos, ambos atletas de rugby, desporto que faz parte da vida da nossa família há 8 anos para cá, como eu já contei aqui. Embora em treinos há 4 semanas num pavilhão a 5 minutos do local onde eu trabalho, só hoje eu consegui assistir a um treino. Mas vou assistir a muitos mais.

Como me disse há tempos um amigo “vai chegar o dia em que o Zé vai escolher um desporto, muito provavelmente não vai ser o rugby, e tu vais ter de ter o mesmo tempo para ele como tiveste para os outros”. E esse dia chegou. O calendário que está no nosso frigorífico, no meu telemóvel e no ambiente de trabalho do meu computador, vai receber às terças, quartas e quintas (a sério? 3 treinos por semana?!) o horário dos treinos do meu bebé Zé, do nosso bebé Zé, bebé já com 7 anos, 8 anos daqui a um mês e 20 dias.

Dava jeito que este ano, só pedia mesmo este ano, a primavera chegasse só lá mais para o verão, porque com os dias a ficarem cada vez maiores, o tempo do pai para levar e trazer vai ficar cada mais pequeno.

Não resisti a perguntar esta semana, uma última vez, ao Zé Maria o porquê de ele nunca ter feito sequer um treino de rugby, coisa que os irmãos tanta vez lhe pediram “só um… só um treino Zé, vais lá experimentar e se não gostares nunca mais te chateamos, só um Zé” e ele apenas me disse ao ouvido “mãe, há muitas coisas que eu não gosto no rugby” e realmente, pode não ter muito a ver com o feitio do bebé Zé, será o facto da bola não ser redonda? ter de se passar a bola para trás? rebolarem-se na lama como se não houvesse amanhã? o João Maria ter partido o nariz num jogo amigável?

Há 7 anos para cá, 8 anos daqui a um mês e 20 dias, que o bebé Zé herda as calças com as joelheiras e as camisolas russas nos cotovelos. Mas nem tudo o que serve aos manos serve ao Zé e mesmo por isso eu já tenho dito tanta vez: três filhos, três camas, três pijamas.

Agora é agradecer a disponibilidade e amizade das boleias que nos ajudam na ginástica dos treinos desencontrados, em dias e horários, dos 3 atletas mais queridos desta vida. Ter calma, pão no congelador para as lancheiras do fim-de-semana e siga para golo, ou, no caso dos mais velhos, para ponto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s